Melhor Vinho Rose de 2021: Guia de Compra Completo

Confira aqui como escolher o melhor vinho rose para comprar em 2021. Por muito tempo, o vinho rosé foi dito como um vinho inferior. Atualmente, o vinho rosé (ou rosado) está se mostrando de ótima qualidade.

Esses vinhos podem ser secos ou suaves e harmonizam com massas, frios, peixes, sobremesas, aperitivos e carnes vermelhas. Enfim, confira aqui quais são os 6 Melhores Vinhos Rose de 2021: Guia de Compra Completo!

Melhores Vinhos Rose de 2021

Acompanhe abaixo a seleção com os melhores vinhos rose de 2021:

  • Vinho Espumante Rose Demi Sec, Great Expectations Shiraz, Salmão Brilhante, 750 ml
  • Camino del Valle Syrah – Vinho Rose Camino del Valle Reservado Rose Syrah 750Ml
  • Vinho Rose Coste Motte Merlot Rose 750Ml Coste Motte Merlot
  • Vinho Rose Piscine Stripes Listras 750ml
  • Mateus – Vinho Rose 750Ml
  • Vinho Chileno Flamingo Rose 750ml
Imagem Vinhos Rose Detalhes
Vinho Espumante Rose Demi Sec, Great Expectations Shiraz, Salmão Brilhante, 750 ml
Vinho Espumante Rose Demi Sec 750 ml Melhor vinho rose!
Vinho Rose Camino del Valle Reservado Rose Syrah 750Ml Camino del Valle Syrah
Vinho Rose Camino del Valle Syrah 750Ml Melhor vinho rose custo benefício!
Vinho Rose Coste Motte Merlot Rose 750Ml Coste Motte Merlot
Vinho Rose Coste Motte Merlot Rose 750Ml Ideal para acompanhar aperitivos e saladas.
Vinho Rose Piscine Stripes Listras 750ml
Vinho Rose Piscine Stripes Listras 750ml Ideal para diferentes ocasiões.
Vinho Mateus Rose 750Ml
Vinho Mateus Rose 750Ml Acompanhando aperitivos e pratos mais leves, como grelhados, carnes brancas e saladas.
VINHO CHILENO FLAMINGO ROSE 750ML
Vinho Chileno Flamingo Rose 750ml Vinho rosé de qualidade e com preço acessível.

Com características comuns com o vinho tinto e o vinho branco, o vinho rosé é feito apenas com uvas tintas.

Sua coloração é possível devido ao menor tempo de contato com as cascas de uva durante a maceração. Alguns países acabam misturando o vinho branco e o tinto para chegar ao rose, mas não é muito comum.

Portanto, se você gosta de apreciar um bom vinho e está em busca de dicas para sua compra, nós separamos o que você deve comparar na hora de escolher um vinho rose.

Além disso, temos uma seleção com os seis melhores vinhos rosé para você degustar durante a leitura. 

O Que Comparar nos Vinhos Rose?

Os vinhos rosé normalmente têm a leveza, o frescor e o sabor frutado dos vinhos brancos. A adstringência (aquela sensação de boca seca, que acontece depois que comemos uma fruta verde, por exemplo) e a estrutura são semelhantes a do vinho tinto.

Porém, existem diversos tipos de vinho rosé e se você está procurando qual o melhor para degustar, vamos te ajudar.

Dessa forma, para escolher o melhor vinho, você deve pensar nos pratos que ele irá harmonizar e na ocasião. Normalmente, o vinho rosé é harmonizado com aves, como o frango ou o peru, com frutos do mar, aperitivos, saladas, massas com molhos não muito cremosos, entre outros.

Quanto à ocasião, você pode apreciar o vinho rosé tanto à beira da piscina, quanto em um happy hour, na praia, em um jantar com os amigos ou um jantar romântico.

Ele é bem leve e delicado. Por isso, é uma ótima pedida em diversos momentos. No entanto, lembre-se que há uma temperatura ideal para servir os vinhos. No caso do vinho rosé, o ideal é servir em uma temperatura entre 7 e 13ºC.

Enfim, basta procurar pelo tipo de vinho escolhido nas produções nacionais ou internacionais. Além disso, leve sempre em consideração o seu gosto pessoal também. Afinal de contas, escolher um vinho só pelas questões técnicas pode ser um desperdício de dinheiro.

As características do vinho que devem ser comparadas são a sua origem (o terroir influencia bastante nisso), se ele é leve ou encorpado, sua classificação (seco ou suave). E, por fim, qual a sua safra.

Para escolher um bom vinho, você não precisa ser um sommelier de vinhos. Basta seguir as dicas que separamos que você encontra o melhor vinho rosé de acordo com o seu gosto pessoal:

Nacional ou importado

O vinho rosé pode ser feito no Brasil quanto fora. Diferentes fatores geográficos, como clima, altura e solo podem influenciar no resultado final do vinho. Então, confira abaixo as características dos maiores produtores de vinho rosé.

No Brasil, um dos 20 maiores produtores de vinho rose, este tipo de vinho é feito na Serra Gaúcha. Apesar do vinho rosé não ser muito popular no Brasil, muitas vinícolas estão investindo na sua produção.

Como se não bastasse, os vinhos nacionais possuem um preço mais atrativo e elevada acidez, o que é perfeito para o vinho rosé. Além disso, as vinícolas brasileiras são famosas no mundo inteiro.

Nossos vizinhos sul-americanos, o Chile e a Argentina utilizam diferentes tipos de uva na produção de vinho rosé.

Normalmente, os vinhos rosé produzidos na América do Sul são mais encorpados, o que os deixa mais parecidos com o vinho tinto. A coloração também é mais forte do que o vinho rosé tradicional francês.

O vinho rosé é originário da França e foi muito popular na década de 1950. Atualmente, a região Minervois, no sul do país, é a melhor produtora de vinho rosé na França.

Tanto na França quanto em outros países, é proibido misturar uvas tintas e brancas para a produção do vinho rose – chamado sistema de Corte. Sendo assim, apenas uvas escuras que produzem um vinho rosé mais leve.  

Além disso, outros países europeus também se destacam na produção de vinho rosé. A Espanha é famosa por ter bons vinhos rosé. Aliás, e esse tipo de vinho é bem popular no país.

Em Portugal, as uvas utilizadas são as Touriga Nacional, as mesmas utilizadas no famoso Vinho do Porto.

Por fim, na Itália, o vinho rosé também é bem popular. Normalmente, é feito na região da Toscana, Lago de Garda e Alto Ádige. Produzidos com uvas Moscato Rosa e Lagrein, o vinho rosé italiano é perfumado e encorpado.

Vinho rose leve ou encorpado

O que deixa o vinho rosé leve ou encorpado é a uva utilizada. Vamos explicar quais são as uvas mais famosas na produção de vinho, mas existem muitas outras. Antes, você sabe o que é um vinho leve ou vinho encorpado?

O “corpo” do vinho é a sensação da textura e do peso do vinho na boca. Os vinhos leves, por exemplo, são vinhos “fáceis de beber”. Pois possuem uma presença menor no palato, com menos acidez, menos tanino e menos álcool.

Por outro lado, os vinhos encorpados são aqueles que possuem uma textura aveludada, deixando o sabor por mais tempo na boca. O vinho encorpado possui maior concentração de compostos, por isso é mais tânico e mais denso.

As uvas Pinot Noir, Grenache e Merlot são as mais utilizadas nos vinhos rosé. Na produção de vinhos varietais, essas uvas sozinhas podem deixar o vinho com uma coloração mais clara, como pétalas de rosas e cascas de cebola.

A uva Merlot torna os vinhos agradáveis. Por isso, não há quem não goste dos vinhos à base dessa uva. Utilizada também na produção de champagne e espumante, a uva Pinot Noir é uma uva nobre. Além disso, os vinhos feitos com essa uva são delicados.

Já a uva Grenache é mais versátil, sendo comum na produção de vinhos secos doces e frutados.

Para os amantes de vinhos encorpados, o ideal é procurar pelos vinhos produzidos com as uvas Cabernet Sauvignon e a Syrah (ou Shiraz). 

Essas uvas produzem vinhos com uma acidez agradável, mas podem variar de acordo com o terroir do local da plantação. As uvas Tempranillo são a base de vinhos aromáticos e bem estruturados.

Ademais, além das uvas, alguns processos de produção do vinho, escolhidos pelo enólogo, podem influenciar no corpo do vinho.

Suave ou seco

A classificação do vinho pode ser seco ou suave. Normalmente, para quem está começando, o mais agradável é o vinho suave.

Ele é mais adocicado, menos ácido e pode ser uma boa forma de ir se acostumando com os sabores dos vinhos. Por outro lado, quem é mais experiente no assunto acaba preferindo o vinho seco.

Por causa da textura, o vinho suave é mais harmonizado com comidas, enquanto o vinho seco é harmonizado com carnes vermelhas e massas com molhos vermelhos. Mas qual a diferença entre essas duas classificações?

O vinho seco ou suave é determinado pela quantidade de açúcar. O primeiro é mais fresco no paladar e possui apenas 4g de glicose por litro. Eles são mais fáceis de harmonizar e, normalmente, são feitos com uvas nobres.

Já o segundo possui 25g de glicose por litro e são mais difíceis de harmonizar. São feitos com uvas inferiores à do vinho seco, mas podem ser feitos também com uvas nobres.

Em relação ao sabor e aroma, o vinho seco é mais complexo. Por usar uvas nobres, e utilizar certos meios de produção, o vinho seco possui textura, aroma e sabor marcantes.

Em contrapartida, o vinho suave possui sabores menos complexos, com textura e aroma menos marcantes também.

 Há um terceiro tipo de vinho, que é o doce. Ele é harmonizado com sobremesas. Porém, é diferente do vinho suave. O vinho doce é feito a partir de um fungo, que se origina na colheita tardia da uva, da pacificação ou da adição de aguardente.

Sendo assim, para escolher a melhor opção, você deve pensar na harmonização e na ocasião. Portanto, se você deseja um vinho mais encorpado para harmonizar durante pratos finos, o melhor é o vinho seco.

Vinho rose e a safra

Já ouviu falar que o vinho fica melhor com o tempo, certo? No caso do vinho rosé isso não acontece. Na verdade, cada vinho possui um tempo de vida específico, que depende de vários fatores.

O tempo de guarda do vinho indica quanto tempo temos para consumi-lo no seu melhor estado.

Durante esse tempo, o aroma e o sabor do vinho vão ficando mais fortes e o vinho vai tomando sua melhor forma. Passado esse tempo, a qualidade do vinho vai decaindo até que ele se torne impróprio para consumo.

Essa duração depende do armazenamento, das uvas utilizadas e da colheita. Sendo assim, se for armazenado em um local adequado, com a temperatura indicada, o vinho pode durar mais do que o esperado.

Além disso, a qualidade da uva e como ela foi colhida também indica se haverá mais ou menos antioxidantes no vinho.

Para consultar se a safra foi boa ou ruim, basta procurar por guias na internet que indicam essa informação. Com isso você sabe a qualidade da uva e se vale a pena o vinho desta safra.

No caso do vinho rosé, ele deve ser consumido até três anos depois do seu envase. Procure por fornecedores que sejam confiáveis e que dão garantia de armazenamento e envases adequados para o vinho rosé.

A fim de apreciar todas as características do vinho rosé, que é um vinho leve, delicado e fresco, você deve comprar garrafas que tenham até três anos.

Isso acontece pelo fato de o vinho rosé possui poucos polifenóis, os antioxidantes, e a acidez é o que mantém o vinho rosé preservado. 

É difícil encontrar garrafas que sejam de safras mais antigas, mas é importante se manter atento ao rótulo.

Review dos 6 Melhores Vinhos Rose de 2021

Então, agora que você já conferiu nossas dicas, compartilhe com seu amigo que também se interessa por vinhos! Procure pelos vinhos que são de safras mais recentes e se a uva é de seu agrado.

Para degustar o vinho escolhido, basta fazer uma análise visual, olfativa e gustativa. A análise visual consiste em observar a cor do vinho – quanto mais brilhante for, mais ácido o vinho é.

Além disso, ao rodar delicadamente o vinho na taça, é possível perceber se o vinho está escorrendo em formas de lágrimas. Se escorrerem de forma lenta e em profusão, significa que há maior concentração de sólidos e o sabor é mais consistente.

A análise olfativa também é feita depois de mexer o vinho delicadamente na taça. No começo é difícil, mas depois de alguns treinos você vai perceber as diferenças entre os vinhos e como o aroma pode influenciar na sua experiência.

Por fim, a análise gustativa é feita a partir de um generoso gole do vinho. Perceba se ele é denso, qual a adstringência, e acidez, as notas minerais e o dulçor. A acidez do vinho rosé é seu principal diferencial, o que combina totalmente com o clima tropical do Brasil.

Depois de aprender tudo sobre como escolher o melhor vinho rosé, você deve estar morrendo de vontade de procurar pela melhor garrafa na internet, certo?

Por isso, separamos uma lista com os seis melhores vinhos rosé de 2021 para ajudar na sua busca! Tem opções para todos os gostos e bolsos. Portanto, confira com atenção, e acerte na compra!

1

Melhor Escolha

Vinho Espumante Rose Demi Sec, Great Expectations Shiraz, Salmão Brilhante, 750 ml

Características:

  • Marca: Great Expectations
  • Volume: 750ml
  • Região de produção: Robertson
  • Safra: 2017

O primeiro da nossa lista é o Vinho Espumante Rosé meio seco, cultivado em Robertson, na África do Sul. À base de uva Shiraz, o vinho tem uma coloração Salmão Brilhante e é equilibrado entre fruta, acidez e doçura, garantindo uma ótima experiência independente do seu gosto pessoal por vinhos.

Quanto ao aroma, o vinho apresenta sabores de framboesa e algodão doce. Ele pode ser harmonizado com saladas e ostras. A garrafa possui 750 mililitros do melhor vinho rosé. É um vinho seco, elegante e que no paladar é aveludado e com notas sutis de cereja.

Confira o preço

2

Custo Benefício

Vinho Rose Camino del Valle Reservado Rose Syrah 750Ml Camino del Valle Syrah

Características:

  • Marca: Camino del Valle
  • Volume: 750ml
  • Região de produção: Valle Central
  • Safra: 2018

O Vinho Rose chileno, o Camino del Valle, é feito com uvas Shiraz e a garrafa é de 750ml. A classificação do vinho é meio seco e pode ser consumido com carne branca, peixes, massas e vegetais.

A safra é de 2018 e o vinho possui a coloração rosa framboesa luminosa.

Confira o preço

3

padrao

Vinho Rose Coste Motte Merlot Rose 750Ml Coste Motte Merlot

Características:

  • Marca: Coste Motte
  • Volume: 750ml
  • Região de produção: França IGP Atlantique
  • Safra: 2016

Do berço do vinho rosé, o Coste Motte é feito com uvas Merlot e produzido na região de IGP Atlantique. Sua coloração é rosa brilhante intenso e a classificação é seco.

A garrafa de 750ml é indicada para acompanhar aperitivos e saladas.

Confira o preço

4

padrao

Vinho Rose Piscine Stripes Listras 750ml

Características:

  • Marca: Piscine Stripes
  • Volume: 750ml
  • Região de produção: França
  • Safra: 2019

Com uvas típicas da França, a Negrette, o vinho rosé Piscine Stripes possui um ar mediterrâneo. Sua coloração é salmão com reflexos azuis. O Piscine Stripes é bem leve, com aroma frutado e um final bem marcante.

O mais popular entre os brasileiros, esse vinho pode ser servido em diferentes ocasiões. Desde jantares mais finos até à beira da praia, acompanhado de algumas pedras de gelo. O Piscine Stripes acompanha bem frutos do mar, aperitivos, sushi e saladas.

Confira o preço

5

padrao

Vinho Mateus Rose 750Ml

Características:

  • Marca: Mateus Rose
  • Volume: 750ml
  • Região de produção: Portugal
  • Safra: não informado

Produzido à base da uva Touriga, a mesma que é utilizada no Vinho do Porto, o vinho rosé Mateus The Original é mais encorpado e escuro.

Com ótima qualidade, este vinho pode ser apreciado em diversos momentos, acompanhando aperitivos e pratos mais leves, como grelhados, carnes brancas e saladas.

Mesmo que seja mais denso, o vinho rose Mateus deve ser servido gelado. É um vinho bem refrescante que possui uma boa intensidade aromática de frutas vermelhas.

Confira o preço

6

padrao

Vinho Chileno Flamingo Rose 750ml

Características:

  • Marca: Flamingo
  • Volume: 750ml
  • Região de produção: Chile
  • Safra: não informado

A marca chilena Flamingo fornece vinho rosé de qualidade e com preço acessível. Feito com uvas nobres, a Cabernet Sauvignon, o vinho é bem equilibrado e pode ser acompanhado de diversas iguarias.

A coloração é rosé delicado, com tons acobreados. O aroma possui notas de framboesa, toranja e morangos maduros. Ele é indicado como acompanhamento de costela suína, massas com molho vermelho e sushi.

Confira o preço

Qual o Melhor Vinho Rose?

O melhor vinho rosé de 2021 é o vinho espumante Rosé Demi Sec da Great Expectations. Feitos com uvas Shiraz, o vinho meio seco apresenta um equilíbrio perfeito, com acidez e doçura que agradam a todos os paladares.

A safra de 2017 traz notas fortes de framboesa e algodão doce tanto no paladar quanto olfativas.

A vinícola possui uma tradição de 14 anos e está em cima de um campo de xisto, tornando o solo fértil e propício para o cultivo de uvas. A colheita foi seca e durante a noite, garantindo que as uvas chegassem frescas na adega.

Você pode degustar o vinho com saladas e ostras. O armazenamento deve ser mantido entre 6º a 8ºC.

Este vinho rosé com bandeira da África do Sul é uma ótima aquisição para quem quer experimentar vinhos de qualidade.

Melhor Vinho Rosé Custo Benefício

O melhor vinho rosé custo benefício é o Vinho Rosé Camino del Valle Reservado Syrah. Este é um vinho chileno de ótima qualidade, classificado como meio seco e produzido à base de uvas Shiraz.

Da safra de 2018 no Chile, o vinho possui uma coloração rosa framboesa e é perfeito para harmonizar com carne branca, peixes, massas e vegetais. A colheita e produção de uvas é negócio da família Crispi há 3 gerações.

Depois de uma geração inteira vendendo no mercado nacional, a segunda geração decidiu exportar os produtos de excelente qualidade e com preço acessível.

A harmonização é com carne vermelha, cordeiro e aves.

Qual a Melhor Marca de Vinho Rosé?

A melhor marca de vinho rosé 2021 é a Great Expectation, da adega sul-africana Goedverwatch Estate. Localizada no Vale Robertson, é famosa pela produção de vinhos de qualidade e é controlada pela família Du Toit há três gerações.

Com foco em qualidade e consistência, as videiras ocupam um total de 172 ha, que se dividem em diferentes tipos de uvas, utilizadas nos diferentes tipos de vinhos da marca.

A Goedverwatch produz cerca de 10 000 litros por hectare e exporta cerca de 90% da sua produção para diferentes países, como o Brasil, Países Baixos, Estados Unidos, Singapura, Canadá, Alemanha, Irlanda, Reino Unido, Lituânia, Irlanda, Polônia, China, Rússia, Dinamarca e Seychelles.

A plantação é feita com muito cuidado do viticultor, percebendo o clima e a qualidade do solo. No rótulo, o guindaste-azul é a ave símbolo da África do Sul. 

A ave é uma espécie em risco de extinção e em uma manhã apareceu um filhote machucado no vinhedo.

Depois de cuidado e nutrido, o filhote conseguiu alçar voo novamente e voltar para a natureza. Desde então, a ave é símbolo da marca, estampada nos rótulos dos vinhos.

Deixe um comentário