Melhor Toca-Discos de 2021: Guia de Compra Completo

Se você é apaixonado por música, mas é do tipo que curte um vinil, então, você precisa conferir aqui as melhores dicas de como escolher o melhor toca-discos para comprar em 2021. O toca-discos surgiu em meados da década de 20, como um aparelho capaz de reproduzir discos de vinil com uma potência sonora considerável.

Por muito tempo a invenção foi a única maneira de se reproduzir música, tendo se espalhado por todo o mundo. Então, continue lendo e confira aqui os 6 Melhores Toca-Discos de 2021: Guia de Compra Completo!

Melhores Toca-Discos de 2021

Abaixo, você acompanha os melhores modelos de toca-discos de 2021 para investir:

  • Toca-Discos Pro Direct-Drive, Audio-Technica, ATLP1240USBXP
  • Toca Disco Paris, Ribeiro e Pavani
  • Audio-Technica AT-LP120XUSB-BK Direct Drive
  • Toca-Discos Vinil Air LP Ion IT55
  • Vitrola Toca Discos De Vinil Sonata Stadio
  • Arena Aria Phoenix Ópera Tenor Sonance Uitech
  • Vitrola Toca Discos Treasure – Blue Royal/Black
Imagem Toca-Discos Detalhes
Toca-Discos Pro Direct-Drive, Audio-Technica, ATLP1240USBXP, Preto, Pacote de 1
Toca-Discos Pro Direct-Drive Melhor toca-discos!
Toca Disco Paris, Ribeiro e Pavani, 46.999, Multicor
Toca Disco Paris, Ribeiro e Pavani, 46.999, Multicor Melhor toca-discos custo benefício!
Audio-Technica AT-LP120XUSB-BK Direct Drive USB toca-discos
Audio-Technica AT-LP120XUSB-BK Perfeito quem busca ótima performance e funcionalidade!
Toca-Discos Vinil Air LP Ion IT55 com Transmissão sem Fio e Conversão Digital – Bivolt, Preto, ION_
Toca-Discos Vinil Air LP Ion IT55 Transmissão sem fio, em alto falantes via Bluetooth.
Vitrola Toca Discos De Vinil Sonata Stadio Bluetooth BT Mp3 Rádio Fm Com Conversor Digital Arena Aria Phoenix Ópera Tenor Sonance Uitech
Vitrola Toca Discos De Vinil Sonata Stadio Bluetooth Tem um design retrô e nostálgico.
Vitrola Toca Discos Treasure Blue Royal Black com software de gravação para MP3
Vitrola Toca Discos Treasure Estrutura em madeira, com revestimento folheado.

O Que Comparar nos Toca-Discos?

O lançamento dos CD’s se deu em 1984 , versões mais compactas que os vinis e com maior capacidade de armazenamento. Essa nova mídia foi acompanhada do lançamento de aparelhos específicos para reproduzir as gravações, que gradualmente começaram a substituir os toca-discos.

Com a popularização dos CDs, os vinis e, consequentemente, os toca-discos tiveram uma baixa no mercado. Aos poucos, passaram a ser substituídos por aparelhos de mais modernos que reproduziam os CDs, sendo relegados os toca-discos a colecionadores e casas especializadas em produtos antigos.

Entretanto, no começo dos anos 2000 e principalmente nos últimos dez anos, os toca-discos têm conquistado novamente seu espaço entre os amantes de música. Em busca de um som analógico e característico, o toca-discos voltou a ser um item de desejo de muita gente.

Não demorou muito tempo para que o mercado oferecesse novas opções de toca-discos, aparelhos que são releituras dos modelos antigos, porém com novas funcionalidades e uma qualidade de som ainda melhor.

Se você também é um apaixonado por toca-discos e quer adquirir o seu, este texto é para você. Aqui você vai saber o que levar em consideração antes de comprar o seu toca-discos, bem como as melhores opções disponíveis no mercado. Tenha uma boa leitura!

Permite Trocar a Agulha de Maneira Simples?

As pontas das agulhas dos toca-discos são feitas de um material bem resistente, como diamante e safira, que recebe o devido tratamento, para que sua superfície fique extremamente lisa. Quando uma agulha fica gasta, ela adquire faces pontiagudas que danificam os discos de vinil, e precisam ser substituídas.

Há a possibilidade de limpar-se as agulhas, mas de forma geral a maioria dos donos de toca-discos preferem trocá-las. A vida útil de uma agulha varia de 200 a 600 horas de uso, dependendo do modelo e da marca.

Alguns modelos de toca-discos possuem um sistema de troca de agulhas relativamente simples, outros nem tanto. Além disso, há fabricantes que permitem a troca da agulha original de fábrica por outra de sua preferência.

De forma geral, nossa recomendação é que você priorize os toca-discos que possuem um sistema simples de substituição de agulha. Pois, por ser um mecanismo que entra em contato diretamente com os discos, é certo que será necessário substituí-la com o tempo, para garantir a preservação de seus discos de vinil.

Tipo de tração

A tração de um toca-disco influencia diretamente na rotação dos discos, atuando para que esta rotação seja mais correta e constante quanto possível. Existem basicamente 3 tipos de tração: por polia (rim drive), correia (belt drive) e direta (direct drive).

E qual é o melhor tipo de tração para um toca-disco? A resposta é: depende do uso que iremos fazer do toca-disco. Para cada uso há um tipo de tração melhor.

A tração por polia tem como vantagem o alto torque, o que permite o toca-discos a funcionar com vários discos empilhados, tarefa essencial para os toca-discos automáticos.

A desvantagem é o elevado ruído de motor característico da tração por polia. Esse tipo de tração é mais difícil de encontrar atualmente, sendo característico dos modelos antigos de toca-discos.

A tração por correia tem como vantagem o amortecimento das vibrações, o que diminui consideravelmente o ruído. Por outro lado, há uma perda de torque.

Atualmente, os melhores e mais caros toca-discos são tracionados por correia, com grandes motores e pratos pesados. Esse tipo de tração é ideal para quem deseja um som puro e limpo.

Por fim, a tração direta combina torque alto e pouco ruído. Entretanto, antes de afirmar que esse modelo de tração é o melhor, é preciso levar em consideração o motor e os sistemas de rotação que o acompanham, que influenciam diretamente na qualidade da tração direta.

Este modelo é para aplicações profissionais do toca-discos, pois permite maior controle sob a velocidade do giro do disco.

Tipo de mecanismo

Em relação ao tipo de mecanismo dos toca-discos, dividimos em duas categorias: manual e automático.

O mecanismo manual é o modelo clássico, e o favorito dos amantes de toca-discos. Ele se caracteriza pela necessidade de manusear o braço do aparelho e posicionar a agulha no lugar certo para a reprodução do vinil.

Em termos mais simples, corresponde ao mecanismo que quando o disco chega ao fim faz um barulho “poc… poc… poc…”.

Já o mecanismo automático permite a automatização desse processo. Assim, o acionamento do retorno do braço do toca-discos é por meio de um botão.

A vantagem deste modelo é o fato de não precisar manusear a agulha, porque se isso for feito de maneira incorreta ela pode quebrar e mesmo arranhar um disco e prejudicar sua reprodução.

Embora o mecanismo automático seja o mais prático, a recomendação geral dos especialistas em toca-discos é a escolha pelo mecanismo manual. Isso deve-se ao fato de que a tecnologia necessária para o bom funcionamento do mecanismo automático tem um preço elevado.

Muitas vezes o toca-discos com função automática, principalmente em preços mais acessíveis, causa danos aos sulcos dos discos de vinil, estragando-os com o tempo. Geralmente apenas os modelos com preço mais elevado conseguem realizar a função automática sem que haja nenhum dano aos discos, por isso a preferência pelos modelos de mecanismo manual.

É compatível com amplificador externo?

A emissão sonora dos toca-discos surge do contato da agulha com o disco, produzindo um som, o qual a cápsula emite, e que chega por fiação até algum amplificador. O toca-discos não consegue produzir um som alto e potente sem o auxílio de algum sistema de amplificação.

Nos toca-discos atuais, é comum que eles possuam um pré-amplificador, também chamado de preamp, o que facilita a conexão com equipamentos que possuam entrada auxiliar. Entretanto, não são todos os modelos que têm esse sistema embutido.

Se você deseja alcançar um som mais potente, então é importante prezar pela compatibilidade com amplificadores externos.

Por isso, é importante se atentar quanto às especificidades do modelo que se pretende adquirir, para saber se há a possibilidade de se conectar um amplificador externo, caso necessite.

De forma geral, é desejável que o toca-discos seja compatível com amplificador externo, pois dessa maneira o proprietário possui a opção de utilizá-lo ou não, conforme a necessidade e suas preferências.

Sistema de contrapeso

O sistema de contrapeso de um toca-discos realiza uma função super importante dentro do aparelho, porque regula a pressão que o braço do toca-discos exerce sobre o disco de vinil.

Se essa pressão for acima do que o fabricante recomenda, com o passar do tempo começará a corroer o sulco dos discos, danificando-os, além de diminuir a vida útil da agulha.

Outro problema é que o braço tende a se dirigir para o centro do disco de forma acelerada, o que pode fazer com que o disco pule e até mesmo seja riscado pela agulha.

Por isso, o sistema de contrapeso apresenta uma solução para o problema de calibragem, pois ele permite a regulação da pressão exercida de acordo com o disco.

Para não correr esse risco, recomendamos que antes de adquirir o seu toca-discos você identifique se ele conta com um sistema de contrapeso, o que irá facilitar muito a regulação da calibragem na reprodução dos discos de vinil.

Sistema anti-impacto

O sistema anti-impacto surgiu para minimizar os efeitos da pressão que o braço do toca-discos exerce sobre o disco de vinil. Dessa maneira, reduz-se o risco de um problema no sistema de contrapeso causar algum dano à agulha e ao disco.

Uma vantagem notável dos toca-discos que contém sistema anti-impacto é a diminuição significativa dos ruídos provocados pela movimentação da agulha no disco de vinil. Isso pode garantir uma experiência sonora mais agradável.

Geralmente, os toca-discos que contêm sistema anti-impacto possuem um acréscimo no valor do produto. Porém, se você tiver o orçamento necessário para investir em um toca-discos que possua esse diferencial, o ideal é que o faça.

Dessa maneira, não só você ajuda a preservar a vida útil de sua agulha e discos, bem como consegue reproduzir um som mais limpo, com menos ruídos.

Compatibilidade com outros tipos de mídia

Os modelos atuais de toca-discos possuem uma grande variedade de funcionalidades. Além de reproduzir os discos de vinil, muitas vezes elas também são capazes de compatibilizar outros modos de reprodução de música, como conexão via pen drive, cartão de memória e bluetooth.

Geralmente, os modelos que possuem compatibilidade com outros tipos de média tendem a custar mais caro. Porém se houver a disponibilidade de investir nesse quesito, é uma boa opção.

Assim, você poderá ouvir suas músicas favoritas independente da mídia em questão, aproveitando a estrutura física de seu toca-discos para reproduzir o som. Além disso, você ganha em comodidade, tendo um aparelho que apresenta multifuncionalidades.

Review dos 6 Melhores Toca-Discos de 2021

Acompanhe abaixo quais são as características de cada um dos modelos selecionados:

1

Melhor Escolha

Toca-Discos Pro Direct-Drive, Audio-Technica, ATLP1240USBXP, Preto, Pacote de 1

Características:

  • Marca: Audio-technica
  • Cor: Preto
  • Peso: 12,5 kg
  • Tensão: 120 Volts

Este modelo da Audio-technica é para quem procura o melhor toca-discos disponível no mercado. Em uma roupagem moderna, esse aparelho entrega tudo que há de melhor no universo de toca-discos, em um design muito bonito.
 
O valor elevado do modelo torna-o pouco acessível, pois o investimento é grande. Porém é um investimento que vale a pena caso você deseje obter a melhor performance.
 
Com motor de acionamento direto multipolar, disco profissional anti ressonância de alumínio fundido sob pressão com feltro estilo dj, esse toca-discos esbanja estilo. Seu braço em forma de S possui controle de elevação amortecido hidraulicamente, ajuste de altura antiderrapagem.
 
O toca-discos Pro Direct-Drive vem com um pré-amplificador fonográfico chaveado integrado com cabos de saída destacáveis, que permitem ligar o aparelho a amplificadores externos.
 
Acompanha cabo de saída RCA duplo com fio terra, cabo usb, cabo de alimentação e adaptador de 45 rpm.

Confira o preço

2

Custo Benefício

Toca Disco Paris, Ribeiro e Pavani, 46.999, Multicor

Características:

  • Marca: Ribeiro e Pavani
  • Cor: Multicolor
  • Peso: 5 kg
  • Tensão: Bivolt

Este modelo da Ribeiro e Pavani é ideal para quem está começando a se aventurar no universo dos toca-discos e quer um produto de qualidade, porém sem grandes investimentos.
 
Com um custo-benefício interessante, este aparelho possibilita uma ótima audição de discos de vinil, sendo que não dói tanto no bolso.
 
De fato, este aparelho de dimensões pequenas e super portátil possui um preço extremamente competitivo, apresentando ótimo custo benefício.
 
Pesando apenas 5kg, o toca-discos Paris é fabricado em madeira de alta qualidade, com revestimento de couro ecológico. Possui a praticidade de ser um aparelho bivolt automático e seu design é moderno e arrojado, em formato de maleta retrátil.
 
O mecanismo do aparelho é manual e por conta de seu preço em conta, não é pré-amplificado, exigindo um investimento adicional em um sistema de amplificação, caso o ouvinte queira obter um som mais alto do que o oferecido pelo toca-discos.

Confira o preço

3

padrao

Audio-Technica AT-LP120XUSB-BK Direct Drive USB toca-discos

Características:

  • Marca: Audio-technica
  • Cor: Preto
  • Peso: 7,9 kg
  • Tensão: 230 Volts

Este outro modelo da Audio-Technica apresenta novamente o padrão de qualidade característico da marca, porém em um preço um pouco mais acessível.
 
É um modelo indicado para quem busca ótima performance e funcionalidade, já que o aparelho não só toca discos de vinil como também possibilita a digitalização dos mesmos. Além disso, possui entrada USB.
 
Sua roupagem moderna conta com um design todo em preto fosco e botões feitos de plástico, o que propicia um ar leve ao produto, que pesa apenas um pouco mais de 7kg.
 
O mecanismo do aparelho é manual e seu braço balanceável em formato de S possui controle de elevação amortecido hidraulicamente e descanso tratável.
 
O toca-discos possui um pré-amplificador de ótima qualidade, o que é muito útil para quem não conta com um sistema de som com amplificadores. Porém conta também com conexão a amplificadores externos.
 
O aparelho possui velocidades selecionáveis de 33/45/78 rpm, o que possibilita a reprodução de todos os tipos de discos de vinil.

Confira o preço

4

padrao

Toca-discos Vinil Air Lp Ion IT55 com Transmissão sem Fio e Conversão Digital – Bivolt, Preto, ION_

Características:

  • Marca: ION_
  • Cor: Preto
  • Peso: 3,06 kg
  • Tensão: Bivolt

Este toca-discos da ION_ é ótimo para quem está começando a se aventurar pelo universo dos toca-discos e quer um produto de ótima qualidade, com um investimento razoável.
 
Um diferencial do modelo é sua transmissão sem fio, em alto falantes via bluetooth, além da possibilidade de conversão digital dos discos de vinil.
 
O design minimalista em cor preta do toca-discos Air IT55 é bem bonito e eficiente, resultando em um aparelho extremamente leve. Seu mecanismo é manual e o aparelho conta com entrada auxiliar para reprodução de uma fonte de áudio estéreo.
 
O toca-discos vem acompanhado de adaptador de energia, tampa contra poeira, adaptador 45 rpm, cabo RCA para conexão de amplificadores externos, cabo estéreo, cabo USB, cabo auxiliar de 3,5mm, feltro de disco e manual com certificado de garantia.

Confira o preço

5

padrao

Vitrola Toca Discos De Vinil Sonata Stadio Bluetooth BT Mp3 Rádio Fm Com Conversor Digital Arena Aria Phoenix Ópera Tenor Sonance Uitech

Características:

  • Marca: Uitech
  • Cor: Amadeirado
  • Peso: 5 kg
  • Tensão: Bivolt

Este toca-discos da Uitech é ideal para aqueles que já tiveram um toca-discos há muito tempo atrás e hoje gostariam de retornar a esse universo, gastando um valor razoável por um bom produto, que remete ao passado.
 
Seu design retrô e nostálgico conta com um gabinete de madeira em uma roupagem que permite um peso surpreendentemente leve.
 
O modelo possui preamp, com caixas internas de 20 RMS – enquanto a maioria dos modelos similares é de 10 RMS -, o que lhe confere um ótimo som para sua estrutura.
 
O toca-discos Sonata Stadio conta com saída RCA para conexão de amplificadores externos, além de conexões Bluetooth, USB e Micro SD. Conta também com rádio FM e opera nas três rotações, além de ser bivolt.

Confira o preço

6

padrao

Vitrola Toca Discos Treasure – Blue Royal/Black com software de gravação para MP3

Características:

  • Marca: Echo Vintage
  • Cor: Preto/Azul
  • Peso: 4,3 kg
  • Tensão: 220 Volts

Este toca-discos da Echo Vintage é um ótimo aparelho para quem busca um modelo portátil a baixo custo. O formato de mini-baú e tampa de acrílico opaco de coloração azul são responsáveis por um design que une o clássico ao contemporâneo.
 
A estrutura do toca-discos é em madeira, com revestimento folheado. Possui duas caixas embutidas com potência de 1W~1,5W e conta com saída RCA para conexão de amplificadores externos.
 
Possui saída para fones de ouvido, cápsula de cerâmica com agulha de diamante, tração por correia, software e cabo USB para gravação de discos no PC e reproduz os discos de vinil nas três velocidades (33, 45 e 78 rpm).

Confira o preço

Qual o Melhor Toca-Discos?

Analisamos todos os toca-discos de nossa lista, levando em conta os detalhes técnicos e especificações dos diversos componentes que constituem os aparelhos, e chegamos à conclusão de qual o melhor.

Vale ressaltar que a resposta para essa pergunta depende muito do que o ouvinte busca, quais são seus gostos e suas prioridades na hora de ouvir um disco de vinil.

Porém, nossa escolha foi feita em termos absolutos, de forma que o melhor toca-discos para nós é o aparelho que apresenta os melhores resultados, em termos comparativos.

O melhor toca-discos da nossa lista é o Pro Direct-Drive ATLP1240, da Audio-technica. Em um design robusto e moderno, esse aparelho oferece o que há de melhor no universo dos toca-discos. O preço do produto é elevado. Porém, compensa diante da qualidade de seus componentes.

Com uma qualidade de som extremamente acurada e uma variedade de recursos, este toca-discos é ideal tanto para os mais exigentes fãs de discos de vinil quanto para aqueles que desejam fazer deste aparelho sua ferramenta de trabalho. Pois ele possui recursos essenciais para o trabalho de dj.

Melhor Toca-Discos Custo Benefício

Nem sempre há a possibilidade de se investir no melhor aparelho possível. Nem por isso devemos desistir do sonho de obter um toca-discos. Afinal, quem não quer reproduzir aqueles discos que estão em casa, parados e acumulando poeira?

Sim, é uma situação comum a muitas pessoas, principalmente as que viveram no auge da época do vinil.

Alguns aparelhos combinam muito bem qualidade e bom preço. Com um investimento não muito alto, é possível reproduzir seus discos e captar a sonoridade especial do vinil, tão cara para os amantes de música. Esse é o caso do toca-discos a seguir.

O melhor toca-discos custo benefício da nossa lista é o Paris, da Ribeiro e Pavani. O toca-discos Paris é super compacto e portátil, além de possuir a vantagem de ser bivolt.

Seu design é colorido e moderno, e a qualidade do som é muito boa para sua faixa de preço, abaixo do mercado. É um presente ideal para iniciar alguém no universo vinílico.

Qual a Melhor Marca de Toca-Discos?

Como se sabe, o Japão já tem tradição no desenvolvimento de aparelhos de som, o que pode ser constatado pelos produtos da Sony, desde os anos 80. Com quase 60 anos de experiência no mercado, a melhor marca de toca-discos é a japonesa Audio-technica.

A empresa vem demonstrando ao longo das décadas comprometimento com a inovação e com seus consumidores, apresentando sempre produtos de qualidade incomparável.

A Audio-technica produz diversos equipamentos de áudio, mas sua história com o toca-discos é especial. Afinal, ainda hoje a empresa investe neste setor, sendo uma referência para colecionadores de discos que querem reproduzir sua coleção em um aparelho de qualidade.

Talvez por isso a empresa seja apaixonada por produzir aparelhos de renomada qualidade e eficiência, surpreendendo a todos à cada novo lançamento.

Esse foi nosso texto sobre toca-discos. Esperamos que vocês possam ter aprendido um pouco mais sobre o fascinante universo dos aparelhos toca-discos.

Enfim, agora você já sabe o que levar em consideração antes de comprar seu toca-discos, bem como os melhores modelos disponíveis no mercado para cada tipo de investimento. Então, é só escolher o modelo que mais gostar, e comprar sem sair de casa, com toda a segurança.

Deixe um comentário